Glossário

A | B | C | D | E | F | G | H | Í | J | L | M | O | P | R | S | T | V | X

Organza

Tecido fino e transparente, de trama simples, em geral de fio poliamida, e mais encorpado e armado que o organdi.

Ottoman

Tecido com desenho tafetá, cuja trama é muito grossa, para formar um aspeto cotelê. Em geral urdume de seda e raiom, trama – lã ou algodão, com diversos cabos. O desenho é semelhante ao Gros de Tours, ou seja, tafetá com 3/4 tramas, muito utilizado para o fundo dos jacquards.

Oxford

Tecido originário de Oxford, Inglaterra, de algodão, com desenho tafetá (2x2) e com densidade idêntica de urdume e trama. Inicialmente, este tecido era composto de puro algodão, porém, atualmente vários países também fabricam este tecido sendo a sua composição de poliéster.

Patchwork

Tecido de qualquer matéria-prima, composto de vários pedaços de tecidos costurados juntos (em geral mais ou menos quadrado), de aspetos ou de cores contrastantes (jacquard, liso, estampado, etc.). A fantasia vem do máximo de cores ou da harmonia das mesmas. Com aspeto semelhante a uma colcha de retalhos é muito usado para vestidos, colchas, cortinas, etc.

Pelúcia

Variedade de veludo, com pêlos mais compridos. Há dois tipos: pêlo vertical (de pé) ou deitado, frequentemente destinados a imitar a pele de vários animais. Utilizado para estofamento, vestidos, mantos, brinquedos, etc.

Percal

Tecido leve de algodão, ligamento tafetá, muito denso mas fino, utilizado principalmente para a confeção de lençóis e fronhas.

Pied de Poule (Pé de Galinha)

Tecido com pequenos efeitos geométricos brancos e coloridos. O Pied de Poule faz parte dos desenhos óticos, obtidos a partir da combinação dos efeitos desenho/cor. As matérias-primas podem ser de qualquer natureza, conforme o estilo procurado (algodão, lã, seda, etc.).

Piquet

tecido jacquard onde o efeito Piquet produz um aspeto "costura" ao redor dos motivos. Muito utilizado para os cloquê e os matelassê, para aumentar o efeito de alto-relevo. Muito empregado nos tecidos matelassê de algodão maquinetado.

Popeline (Popelina)

Tecido de tela com um fio de algodão de menor qualidade que o algodão penteado mercerizado, com mais fios no urdume e menos trama, em geral na proporção de 2 fios/1 batida. Chamada antigamente "papeline", oriundo do nome do Papa e fabricado na cidade de Avignon, na França. Aplicações: vestidos, lingerie, camisas, calças, bermudas, toalhas de mesa, guardanapos, etc.

Renda

Estofo de malha aberta e contextura em geral delicada, cujos fios (de algodão, poliéster, juta etc.), trabalhados à mão ou à máquina, se entrelaçam formando desenhos, e que é usado para guarnecer ou confecionar peças de vestuário, cortinas, roupa de cama e mesa, etc.

Ribana

Tipo de malha com estrutura feita em teares de dupla frontura, ou seja, uma face da malha é diferente da outra. Estas faces podem ser trabalhadas ou lisas, proporcionam um alto alongamento e elasticidade, capacitando desta maneira que o tecido se molde e acompanhe os movimentos do corpo, muito utilizada para acabamentos de golas e punhos, é também conhecida como "Malha Sanfonada".

Sarja

Tecido que usa ligamento de sarja de seda, lã, ou algodão, e que apresenta estrias no sentido diagonal. Tecido em ligamento sarja é frequentemente mais firme que o tecido em ligamento tela, tendo menos tendência a se sujar, apesar de ser de lavagem mais difícil. Este desenho é principalmente utilizado pelos lanifícios. Muito utilizado em tecidos de algodão como o brim.

Seda Artificial

Fios artificiais feitos a partir de produtos naturais, mas com processo mecânico. De modo geral, trata-se dos fios acetato e viscose, que entraram no mercado internacional antes dos fios sintéticos, derivados da petroquímica. Foram inventados vários fios artificiais, dos quais sobram dois, ainda muito utilizados: acetato e viscose, os dois à base de celulose. No início, foi também utilizada a palavra "Rayonne" (Raiom), para nomear estes dois fios.

Seda Natural

fibra da qual é composto o casulo que cobre o bicho-da-seda, valiosa pela sua utilização em tecidos de alta qualidade e em outros produtos têxteis. A seda é uma das mais antigas fibras têxteis conhecidas e, de acordo com a tradição chinesa, já era usada no século XXVII A.C.
A seda é um filamento contínuo, segregado pela lagarta "Bombyx-mori" ou Bombyx de amoreira ou bicho-da-seda, que come a folha de amoreira (cultivada ou selvagem) e também do carvalho. Ao transformar-se em crisálida, a lagarta forma um casulo a partir deste filamento de seda. Para formar o fio de seda reúnem-se diversos filamentos dos casulos. O fio assim obtido chama-se "Grege". É muito macia, leve e confortável; não provoca irritações na pele; baixa resistência; desbota quando exposta ao sol e à transpiração; não resiste a produtos químicos; atacada por traças e insetos; exige muitos cuidados na lavagem e tratamento.

Shantung

Nome derivado de Chan-Tung, cidade da China, produtora de seda selvagem, sendo que o termo é utilizado atualmente para qualquer tecido grosso de aspecto irregular. Aplicações mais comuns: coletes, blazers, vestidos que exijam certa estrutura, gravatas, camisas sóbrias, fatos masculinos, paletós, bolsas, forro de sapatos, almofadas, estofamentos, forros de cadeira, poltronas e sofás, cortinas pesadas, biombos.

Talagarça

Tecido grosso de algodão com ligamento aberto, apresentando um aspeto furado, com acabamento engomado, próprio para a aplicação de bordados, tapeçarias, etc

Tarlatana

Tecido tipo musseline de algodão, porém mais leve, transparente e encorpado, usado para entretelas de vestuários.

Tricô

Tecido utilizado na confeção de peças de vestuário e outras, executado à mão com duas agulhas onde se armam as malhas, de modo que o fio, passando de uma agulha para a outra, permite a execução de dois tipos de ponto que servem de base a uma grande variedade de padrões.

Tricoline (Tricolina)

tecido de construção de tela com a leveza e a resistência do algodão penteado mercerizado, podendo ser liso, estampado ou axadrezado, de peso ligeiramente maior do que a cambraia, atende a um mercado cada vez mais Tofisticado e exigente em tecidos leves, especialmente nos segmentos de camisaria.

Tricotine

Tecido semelhante à gabardine, de lã, algodão ou misto, com desenho sarja fantasia "tricotine". Efeito diagonal quase vertical, destinado ao vestuário masculino e feminino: tailleur, capa, etc.

Páginas