S

A | B | C | D | E | F | G | H | Í | J | L | M | O | P | R | S | T | V | X

Sarja

Tecido que usa ligamento de sarja de seda, lã, ou algodão, e que apresenta estrias no sentido diagonal. Tecido em ligamento sarja é frequentemente mais firme que o tecido em ligamento tela, tendo menos tendência a se sujar, apesar de ser de lavagem mais difícil. Este desenho é principalmente utilizado pelos lanifícios. Muito utilizado em tecidos de algodão como o brim.

Seda Artificial

Fios artificiais feitos a partir de produtos naturais, mas com processo mecânico. De modo geral, trata-se dos fios acetato e viscose, que entraram no mercado internacional antes dos fios sintéticos, derivados da petroquímica. Foram inventados vários fios artificiais, dos quais sobram dois, ainda muito utilizados: acetato e viscose, os dois à base de celulose. No início, foi também utilizada a palavra "Rayonne" (Raiom), para nomear estes dois fios.

Seda Natural

fibra da qual é composto o casulo que cobre o bicho-da-seda, valiosa pela sua utilização em tecidos de alta qualidade e em outros produtos têxteis. A seda é uma das mais antigas fibras têxteis conhecidas e, de acordo com a tradição chinesa, já era usada no século XXVII A.C.
A seda é um filamento contínuo, segregado pela lagarta "Bombyx-mori" ou Bombyx de amoreira ou bicho-da-seda, que come a folha de amoreira (cultivada ou selvagem) e também do carvalho. Ao transformar-se em crisálida, a lagarta forma um casulo a partir deste filamento de seda. Para formar o fio de seda reúnem-se diversos filamentos dos casulos. O fio assim obtido chama-se "Grege". É muito macia, leve e confortável; não provoca irritações na pele; baixa resistência; desbota quando exposta ao sol e à transpiração; não resiste a produtos químicos; atacada por traças e insetos; exige muitos cuidados na lavagem e tratamento.

Shantung

Nome derivado de Chan-Tung, cidade da China, produtora de seda selvagem, sendo que o termo é utilizado atualmente para qualquer tecido grosso de aspecto irregular. Aplicações mais comuns: coletes, blazers, vestidos que exijam certa estrutura, gravatas, camisas sóbrias, fatos masculinos, paletós, bolsas, forro de sapatos, almofadas, estofamentos, forros de cadeira, poltronas e sofás, cortinas pesadas, biombos.