L

A | B | C | D | E | F | G | H | Í | J | L | M | O | P | R | S | T | V | X

Fibra natural de origem animal, macia e ondulada obtida principalmente do pêlo das ovelhas domésticas, e de outros animais como o camelo, a alpaca, as cabras de Angorá e de Kashmir, a lhama e a vicunha, e utilizadas no fabrico de tecidos. A lã diferencia-se do pêlo pela natureza da superfície externa das fibras. A superfície vária de acordo com a espessura e a ondulação da fibra. Devido a essa ondulação, a lã tem uma elasticidade e uma resistência longitudinal maiores que outras fibras naturais. É quente e confortável e um excelente isolante térmico.

Laise

Tecido leve de algodão, com aplicação de bordados. Originário da França.

Lamê

Tecido liso ou jacquard, utilizando fios metálicos, ouro, prata, etc., muito utilizado na moda feminina e para roupas de carnaval.

Linho

Fibra natural de origem vegetal procedente do talo do linho, tem como principal característica o aspeto rústico, o que é natural da sua fibra. Quando combinado com a viscose torna-se bastante favorável ao processo de tingimento. O linho é uma fibra bastante forte. Os tecidos são duráveis e fáceis de serem submetidos a certos trabalhos de manutenção, tais como a lavagem. Quando molhados, a resistência dos mesmos pode ser 20% superior ao mesmo tecido em estado normal. As fibras de linho têm uma aparência lustrosa. Este elevado "brilho" natural é proporcionado pela remoção de ceras e outros materiais.

Lona

Tela pesada de algodão, destinada a recobrir cargas ou proteger produtos perecíveis, principalmente usada para caminhões. Atualmente, a Lona pode ser feita com diversas matérias-primas além do algodão, como poliéster, poliamida, etc. e com diversos acabamentos, sendo muito utilizada, também, para a confeção de bolsas, ténis, barracas, cadeiras de praia etc.

Lonita

Tecido consistente de algodão liso, listrado ou xadrez (axadrezado?), muito utilizado na confeção de jaquetas, toalhas de mesa capas, etc.

Lycra

fibra sintética inventada pela Du Pont, pertence à classificação genérica elastano das fibras sintéticas (conhecida como Spandex nos E.U.A. e Canadá) sendo descrito em termos químicos como um poliuretano segmentado. Com notáveis propriedades de alongamento e recuperação, enobrece tecidos, adicionando novas dimensões de caimento, conforto e contorno das roupas. Pode ser esticado quatro a sete vezes o seu comprimento, voltando instantaneamente ao comprimento Original quando a sua tensão é relaxada. Resistente ao sol e água salgada, mantém-se flexível no uso e com o passar do tempo.
Um tecido jamais é feito de 100% Lycra: a Lycra é usada em pequenas quantidades, sendo sempre combinada com outra fibra, natural ou sintética. A fim de preservar as qualidades e características da fibra principal, a Lycra é revestida pela mesma, assim qualquer que seja a mistura, o tecido concebido com a Lycra irá sempre conservar a aparência e toque da fibra principal.